Personal Branding: O que é? Como Fortalecer Minha Marca Pessoal?

 

Você já ouviu falar em “personal branding”?

 
Esse termo se refere a sua marca pessoal, ou a imagem que as pessoas têm de você como empresa.
Pense bem.
Já notou que uma simples conversa com um profissional de determinada área pode lhe trazer diversos sentimentos e “primeiras impressões”?
Ao ir a uma consulta médica, por exemplo, se você é bem atendido, o consultório está impecável e o médico te transmite segurança, inevitavelmente já começa aquele sentimento de cura dentro de você.
Por outro lado, se o especialista demonstra insegurança, a vontade que dá é de procurar imediatamente uma segunda opinião e nunca mais voltar ao local.
É como se você já tivesse certeza que aquele profissional não é capaz de solucionar o seu problema.

Qual a importância do Personal Branding?

 

 

Com os exemplos que citamos, você já deve ter compreendido a importância do personal branding, essa pode ser uma chave para você abrir novos clientes e ter mais sucesso em sua carreira.
Mas vale ressaltar, que mesmo que você não queira dar uma atenção ao personal branding, ele está acontecendo a todo o tempo, é simplesmente o que as pessoas acham de você como profissional.
A maneira que você se veste, o tom de voz que fala com as pessoas, seu nível de conhecimento e tudo mais que você carrega consigo em uma simples conversa fazem parte de sua marca pessoal.
Você tem duas opções: pode simplesmente fingir que o personal branding não existe ou usá-lo estrategicamente a seu favor para fortalecer a sua marca.

Como Fortalecer Minha Marca Pessoal?

 

Para fortalecer sua marca pessoal você deve pensar em três pontos fundamentais:
Sua imagem na Internet:
Hoje não temos como falar em estratégias de marketing sem usar as redes sociais, uma ótima dica é fazer um perfil no Instagram e Linkedin e postar o seu dia a dia.
Mostre que você é uma pessoa dedicada ao crescimento profissional.
Poste fotos e stories em eventos, cursos online ou lendo livros.
Também é interessante registrar momentos praticando esportes ou fazendo caminhada com os seus pets.
Porém, todas essas ações realmente têm que fazer parte da pessoa que você é.
Não adianta postar fotos nas redes sociais dizendo que vai virar o sábado estudando e ir para a balada, isso pode acabar com a sua credibilidade e marca pessoal.
Outra atitude que você deve ficar atento é para se portar exatamente da mesma maneira na frente das câmeras e por trás delas. Se o seu público notar que você está forçando simpatia, pode pegar muito mal.
Também evite postar frases negativas ou ofensivas.
Busque Crescimento Profissional:
Participe de palestras, eventos e workshops na sua área de atuação.
Além de aumentar seu nível de conhecimento, você conseguirá fazer contatos com outros profissionais, o que poderá te render parcerias de sucesso.
Também aproveite os conteúdos da internet e faça cursos online. Uma hora que você se dedique por dia a buscar conhecimento farão você se destacar dos seus concorrentes.
Pode acreditar.

Imagem Pessoal:

Não tem como falar de personal branding sem citar a imagem física em si.
Como no exemplo do médico no início do artigo, não podemos negar que aquela primeira impressão realmente fica.
O que você pensaria ao chegar ao consultório e se deparar com um médico de avental amarelado e o ambiente todo sujo?
Agora é a hora de pensar na sua imagem pessoal.
Será que suas roupas, cabelos e postura estão de acordo com a imagem de profissional que você quer passar?
Se está em dúvida é melhor repensar suas atitudes e dar uma imagem de mais credibilidade a seus clientes.

E você?

O que faz para fortalecer seu personal branding?
Deixe nos comentários