Se 74% das marcas no mundo desaparecerem, ninguém se importaria

A marca é a bandeira maior de um negócio de sucesso.

Fico realmente impressionado com a falta de preocupação sobre a Marca, ou sobre a estratégia de negócios de muitas empresas, como se o fato de abrir a empresa seja a cura de todas as dores.

Olhe a sua volta, a quantidade de “marcas de passagem” vamos intitular assim:

Vou te dar alguns exemplos e você tenta visualizar algumas :


  1. Marca que imita marcas Reconhecidas. Ex: Maizena

  2. Marcas que utilizam personagens famosos. Ex. Pica-pau

  3. Marcas que simulam produtos. Ex. Nespresso

  4. Marcas que com nomes similares. Ex.Gangue

  5. Marcas que não tem leitura. Ex. Grafia mal feita, cores destoantes.

  6. Marcas que com grafia errada. Ex. Lanchonete 2 Irmões

Se 74% das marcas no mundo desaparecerem, ninguém se importaria ”, afirma Maria Garrido, Diretora Global de Insights e Analistas, Havas Media, conversando com a IMPACT em sua primeira viagem à Índia, pouco antes de realizar uma Masterclass em ‘The Most Meaningful Marcas.

Ela enfatiza a importância de as marcas melhorarem a qualidade de vida do consumidor para se manterem relevantes. As “Marcas Significativas” da Havas Media são um extenso estudo que mostra mais de 1.500 marcas globais, 300.000 pessoas em 33 países, em 15 setores e calcula a eficácia geral da marca em três parâmetros – benefícios funcionais (entrega de produtos), benefícios pessoais vida do consumidor fácil, saudável e feliz) e benefício coletivo (contribuição para a sociedade, economia e meio ambiente).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *