blog

Como construir um plano de marketing de mídia social simples e inteligente

 


Preocupado com a forma como as atualizações mais recentes do algoritmo do Facebook podem afetar o desempenho da sua marca na plataforma?


Questionando onde seus anúncios do Facebook podem aparecer? 


Curioso para saber se a confiança do usuário se deteriorou ao ponto em que a mídia social não é mais um espaço seguro para a sua marca? 


 


Você não está sozinho!


 


As marcas geralmente têm muitas perguntas quando se trata de marketing para os consumidores em qualquer plataforma de conteúdo de terceiros. As mídias sociais podem ser particularmente intrigantes, pois as regras, oportunidades, audiências e proposições de valor variam muito de um canal para outro - e podem mudar de marcha abruptamente sem aviso prévio. 


Mas uma coisa que pode tornar suas decisões mais simples é estabelecer um plano de canal - uma diretiva avançada de como sua marca pode e deve distribuir seus esforços de marketing de conteúdo em canais, como mídias sociais, e o que você espera alcançar.





Pense precisão!


 


Muitas marcas supõem erroneamente que precisam publicar seu conteúdo em todo e  qualquer lugar para maximizar seu alcance potencial. Mas colocar o conteúdo da sua marca em todas as redes sociais, sites de notícias da moda e plataformas de vídeo que aparecem não é um plano de canais. Essa abordagem de mídia social tenta ir o mais longe possível, mas não considera quem ela alcança, como ela pode ser afetada ou como esse impacto pode refletir nos negócios.


 


Lembre-se: sua  estratégia de marketing de conteúdo deve definir sua estratégia de marketing de mídia social - e não o contrário -, pois é sempre melhor avaliar cada canal social em relação a suas metas estratégicas e necessidades de público antes de distribuir conteúdo. E quando você transformar essa avaliação em um plano prático, todos em sua equipe saberão onde, quando e o que devem postar em cada canal, além do que os esforços pretendem alcançar.


Veja como criar e implementar um plano de canal para o marketing de mídia social que permitirá que você faça exatamente isso.


 


Tome decisões informadas


Há duas etapas principais no processo de planejamento de canais - entender a proposta de valor da plataforma e criar o caso de uso para a sua marca engajar-se nela. Vamos dar uma olhada em cada um deles:


 


Escolhas do canal de mídia social


A natureza de cada canal e as preferências de engajamento de sua comunidade principal terão um papel importante na decisão sobre se seu conteúdo é adequado. Por exemplo, seu público pode estar aberto para se conectar à sua marca em um bate-papo do Twitter, mas prefere reservar o Snapchat  para conversas com amigos pessoais. O conteúdo de formato longo pode funcionar bem no LinkedIn, enquanto memes e fotos com legendas nessas plataformas seriam inadequadas. É importante se familiarizar com as características de cada canal e sua comunidade correspondente antes de participar da conversa.


 


Conheça cada canal e sua comunidade correspondente antes de participar da conversa. 


 


Com uma pequena lista de possíveis canais em mãos, mapeie seus recursos de conteúdo existentes para os canais mais apropriados para sua distribuição.


 


Responder as perguntas  abaixo ajudará você a decidir se um canal é um bom ajuste e pode fornecer algumas dicas sobre como posicionar seu conteúdo para auxiliar o público a agir:


 


Quem usa esse canal e para que eles estão usando? 


 


É um canal importante para as nossas personas ?


 


Isso nos ajudará a alcançar nossos objetivos? 


 


Por que faz sentido para o nosso negócio usar esse canal?


 


Quais objetivos vamos perseguir por meio de nossas ações aqui?


 


Isso se encaixa em nossa missão editorial ? 


 


O nosso conteúdo será considerado único e valioso ou a comunidade o considerará intrusivo ou irrelevante?


 


Nossos concorrentes estabeleceram uma forte presença ou há uma chance de conduzir a conversa ? 


 


Que resultados queremos alcançar? 


 


O que devemos pedir aos fãs e seguidores para fazer depois de se envolver com o nosso conteúdo? Compartilhe? Comente? Visite o nosso site? Subscreva  a nossa newsletter?


 


Essa é uma ação que essa comunidade provavelmente fará?


 


Quais tipos de conteúdo funcionarão melhor nessa plataforma? 


 


Nossos tópicos são relevantes para esse público?


 


Já criamos conteúdo suficiente nos  formatos apropriados  para nos comunicarmos de forma consistente?


 


Qual é o tom certo para essa plataforma? 


 


Uma abordagem amigável e divertida funcionaria melhor ou o público esperaria um comportamento mais sério e profissional?


 


O estilo de conversa corresponde à voz e aos valores da nossa marca? 


 


Qual é a frequência de postagem ideal? 


 


Devemos publicar uma vez por semana? Múltiplas vezes por dia?


 


Que dias e horários do dia funcionam melhor?


 


Temos a capacidade de sustentar nossos esforços a longo prazo?


 


Se as suas respostas não revelarem uma oportunidade atraente de participar desse canal ou se o ambiente da plataforma não for adequado à visão e à missão de conteúdo da sua marca, talvez seja melhor se afastar e reservar os recursos da sua equipe para os canais que são um melhor ajuste.


Se sua marca não tiver um motivo convincente para participar de um canal, não faça isso.





Quer conteúdo de verdade? Aproveite e baixe meu e-book e entenda como ajudei empresas a ganharem seu 1º bilhão!

.pode mandar que já já te respondo!